Valuation: saiba o que é, sua importância e como calcular

Valuation, ou avaliação de empresa, é o processo de calcular o valor de uma empresa. Saber o valor de uma empresa é uma informação estratégica muito importante para o planejamento de seu futuro e essencial para operações de compra e venda, total ou parcial, das suas cotas ou ações. Conhecer mais sobre valuation é essencial para empreendedores e investidores.

Para conseguir se planejar para o futuro, descobrir boas oportunidades para o seu negócio e até mesmo valorizá-lo, o empreendedor precisa ter uma noção completa sobre a empresa. 

Portanto, muito além de conhecer o mercado e seus serviços oferecidos, é preciso saber também o valor da empresa. 

Afinal, é sabendo seu valor que é possível procurar por negociações com segurança, garantindo boas oportunidades para seu negócio. 

Assim, para conseguir definir o quanto vale sua empresa, você pode utilizar o processo de valuation. Para saber mais sobre ele, acompanhe a leitura conosco. 

Entenda o que é valuation e para que serve 

valuation exemplo

Imagine que o seu negócio está crescendo, ganhando credibilidade e logo você decide procurar por investidores que possam alavancar ainda mais o faturamento e lucros.

Contudo, na hora de decidir o rateio de cotas entre as partes, uma pergunta é natural: Qual será a participação do investidor com o aporte que fará? 

Essa é uma das utilidades do valuation, termo que em português significa avaliação de empresas, sendo um processo usado para calcular o valor de uma empresa. 

Aswath Damodaran é uma das grandes referências quando o assunto é valuation. O investidor e professor de finanças corporativas contribuiu para vários estudos envolvendo o método. 

Sendo muito famoso no mercado financeiro, Damodaran utiliza seus conhecimentos em investimento para fazer transações notadas em todo o mundo. 

Seus diversos livros publicados servem como fonte para quem busca estudar e entender ainda mais sobre finanças. Um dos títulos mais famosos é o Valuation: Como Avaliar Empresas e Escolher.

Entenda qual a importância do valuation

mensurar o valor de uma empresa

Sendo assim, conhecendo o valor da sua empresa, você consegue ter muito mais clareza e confiança para lidar com várias situações.  É possível fazer negociações de forma justa, já que você saberá qual o valor base para investimentos corretos. 

Além disso, é possível entender os aspectos que trazem valor para o seu negócio, e quais possuem um efeito contrário. Da mesma forma, com base no desenvolvimento, é possível traçar estratégias futuras para continuar valorizando o seu empreendimento.

Outro detalhe, é que o valuation também ajuda as pessoas que buscam investir. Pois, sabendo o valor daquela empresa, é possível saber se o valor de uma cota ou ação está compatível. 

Exitem várias outras situações em que o valuation pode ser necessário. Esse tema é explorado neste artigo: Avaliação de Empresa: quem contrata e o porquê

A diferença entre valor, custo e preço

Você já percebeu que o valuation serve para determinar o valor de um ativo, o que é essencial em processos de negociação. Isso vale para compras, vendas e fusões. Por isso, antes de aplicar o método é preciso saber três conceitos básicos para entender de forma clara esses processos. São eles valor, custo e preço. 

Valor é o termo que utilizamos para denominar os benefícios que um serviço ou bem podem proporcionar. Ou seja, o valor é ligado ao retorno que aquela aquisição é capaz de trazer, sendo algo bem subjetivo. 

Já o custo, é a quantia em dinheiro que você gasta ao adquirir algum bem ou serviço, ou até mesmo o que é gasto para a fabricação de algo. Por fim, o preço é o termo usado para designar o montante que o vendedor de um bem ou serviço recebe por aquilo que é oferecido. 

Dessa forma, é possível concluir que nem sempre o custo e o preço de algo podem estar de acordo com o valor que ele proporciona. Sendo assim, é possível encontrar casos em que o custo e o preço podem estar acima do valor do produto, ou até mesmo abaixo. 

Conheça as formas de aplicações do valuation

valuation

Como explicado acima, o valuation é um método útil para te ajudar a entender a empresa, sua posição de mercado, e claro, seu valor. Contudo, o valuation possui inúmeras funções que você pode acabar encontrando no dia a dia. 

Para entender mais sobre essas atividades e como o valuation atua sobre elas, continue a leitura. 

Gestão de carteiras 

A gestão de carteiras é a forma como o investidor organiza os ativos financeiros, visando sempre o máximo de rendimentos e evitando possíveis riscos. Desse modo, o valuation pode ou não ser um ponto importante para a estratégia utilizada pelo investidor. Entenda mais a seguir. 

Analistas fundamentalistas 

No caso dos analistas fundamentalistas, o valuation está diretamente ligado, já que a base para a análise é o valor de uma empresa e suas características financeiras.  Assim, nesse caso, saber se as expectativas de crescimentos, os riscos e o fluxo de caixa estão de acordo com o quanto vale aquele empreendimento. 

Os analistas fundamentalistas podem ser representados por dois tipos de investidores: Os de valor, que se interessam pelos ativos instalados e na aquisição deles por preços menores do que o real. E os de crescimento, interessados pela avaliação dos ativos para crescimento e na possível compra com descontos. 

Investidores ativistas 

O valuation também pode ser muito importante para a estratégia dos investidores ativistas, que buscam por mudanças na empresa. A estratégia desses investidores é encontrar empresas com má gestão, conseguir exercer influência e assim trazer modificações para a administração. Assim, eles interferem nos processos de investimentos e financiamentos. 

Com isso, eles buscam encontrar um valor que será gerado após as aplicações das mudanças e suas possíveis melhorias. Portanto, é necessário ter noção do valuation. 

Negociadores da informação

Nesse modelo, os investidores procuram negociar os ativos a partir do momento que conseguem conhecimento sobre mudanças e novos eventos. Assim, eles buscam estar na frente dos concorrentes.  

Eles acreditam que os preços das ações sofrem influência da divulgação de informações sobre a empresa. Por isso, buscam estar sempre informados com antecedência. 

O valuation entra com o papel de determinar o valor da empresa, e como essas informações divulgadas podem influenciar o preço das ações. Market timers (investidores de momento)

A ideia dos makert timers é que os investimentos podem trazer retornos, no momento, maiores do que ações mantidas a longo prazo. Sendo assim, com o processo de valuation é possível avaliar essas ações e descobrir se o mercado está ou não com um cenário positivo no momento. 

Efficient marketers (investidores passivos) 

Para esses investidores, o preço de mercado é a estimativa certa para o valor justo de uma empresa.  Por isso, utilizam o valuation para determinar as chances de crescimento e riscos, o que irá influenciar diretamente o preço de mercado dos ativos.  

O papel do Valuation na aquisição de empresas 

Durante o processo de compra e venda de uma empresa, existem dois lados que vão balancear essa negociação. 

Primeiro, os vendedores que calculam um valor para a venda. De outro lado, os compradores, que avaliam os benefícios que serão gerados por aquela aquisição. 

Portanto, o valuation compõe um papel importante. Já que é capaz de auxiliar na previsão que as mudanças de administração podem trazer para a empresa. 

O papel do Valuation nas Finanças corporativas 

Nas finanças coorporativas, o valuation vai ter uma atuação de acordo com o desempenho e ciclo que a empresa se encontra. 

Como o intuito é criar valor para os acionistas, o valuation ajuda a entender a conexão que existe entre as estratégias adotadas, como as decisões financeiras, e o valor que a empresa possui no mercado. 

É por isso que pequenas empresas precisam ter conhecimento do seu valor, para conseguir investimentos lucrativos. E empresas maiores, que vão abrir capital, precisam saber os valores que serão ofertados no mercado. 

Aplicações para fins legais e tributários

O valuation também pode ajudar a calcular o valor justo de uma empresa para as causas legais e tributárias. Isso pode incluir casos de entrada ou saída de sócios, além de disputas judiciais envolvendo acionistas. 

Conheça os principais métodos do valuation

valuation fórmula

Agora que já explicamos como o valuation pode ser importante, é hora de falar sobre as formas de calcular esse valor. Para isso, existem alguns métodos que podem ser utilizados: 

Método do fluxo de caixa descontado (DCF) 

O cálculo do valuation feito a partir do modelo fluxo de caixa é um dos mais usados. Nele, é feita uma projeção dos lucros futuros, descontando os riscos do investimento, para conseguir determinar o valor dos ativos de uma empresa. 

Dessa forma, os ativos que possuem mais estabilidade provavelmente serão aqueles que vão alcançar um maior valor.  Portanto, esse modelo consegue fazer uma análise a médio prazo. As projeções podem ser feitas com o prazo de até dez anos. 

Inclusive, ele permite que essa análise de valor seja feita levando em conta diferentes cenários e situações. A possibilidade de conhecer os riscos também é uma ótima vantagem. Lembrando que cada ativo pode gerar um fluxo de caixa diferente. 

Método da avaliação relativa ou por múltiplos 

Já no método de avaliação relativa ou por múltiplos, o processo considera aqueles ativos que são parecidos e atuam no mesmo setor. Sendo assim, a avaliação é feita com a comparação desses indicadores. Para isso, além das similaridades, é considerado os preços padronizados.

Contudo, o modelo não analisa o momento da empresa, mas sim todo o período. Outro problema, é que algumas características mais específicas podem ser deixadas de lado no momento de comparação. 

Além disso, se não for possível encontrar uma empresa que atua no mesmo ramo, e com um modelo de negócios parecido, a comparação se torna mais complicada.

A avaliação da empresa em si é feita usando um múltiplo sobre o EBTIDA dela. Esse múltiplo, que em geral, varia de 3 a 10 vezes, é utilizado usando como referência empresas similares e seus valores de mercado. 

Método de avaliação por direitos contingentes 

Outra alternativa é a avaliação por direitos contingentes, que não será fixo e pode depender de diversas situações.  Isso porque o direito contingente é um ativo que só traz retorno em determinadas circunstâncias. 

Ou seja, nesse modelo é feito o cálculo levando em consideração a volatilidade dos ativos, que pode sofrer influências de taxas, prazos e outros. 

Valuation: como calcular o valor da sua empresa 

Outra dúvida bastante comum é como fazer o valuation. O método mais utilizado em médias e grandes empresas é o fluxo de caixa descontado. Para começar é preciso estabelecer um período de análise, sendo o mais comum um período de cinco anos.

Essa escolha pode variar de acordo com o tempo e estabilidade da empresa, sendo permitido períodos de 10 anos a até mesmo perpétuos.

O primeiro passo é prever os lucros da empresa no período proposto, ou seja, fazer um fluxo de caixa projetado, sendo o lucro a diferença entre receitas e despesas. Essa projeção em geral considera uma taxa de crescimento.

O segundo passo envolve a taxa de desconto. A taxa de desconto é a taxa de remuneração que o investidor quer receber ao longo deste período e ela varia com a percepção de risco ou apenas o desejo dele.

O cálculo em si é trazer para o presente os lucros mensais projetados da empresa ao longo do período escolhido descontando a remuneração pretendida. A soma destes valores é o valor atual da empresa.

Fórmula para representação do valuation

calculadora de valuation

Portanto, com a forma de calcular o valuation explicada acima, é possível estabelecer uma fórmula de representação. Nesse caso, o valuation será representado por Va, Fcn vai significar o fluxo de caixa nos períodos analisados e o i representa a taxa de desconto. 

Do mesmo modo, o n vai representar o número de períodos, enquanto o g significa a taxa de crescimento e o Inv0 mostra o investimento inicial. 

Sendo assim, a fórmula pode ser construída da seguinte maneira: 

 

Va = Fc1 + Fc2 + Fc3 …Fc (1+g) (-) Inv0

(1+i)1 (1+i)2 (1+i)3 (1+i)n (i – g)

 

Valuation em pequenas empresas

O método mais utilizado em avaliações de empresas, o fluxo de caixa descontado, se vale de projeções de crescimento, faturamento e lucros. Isso, na prática, não se aplica à grande maioria das pequenas empresas.

Projetar o futuro delas ao longo de cinco anos é por demais impreciso, pois não se trata de empreendimentos estáveis.

Esse tipo de projeção é aceito pelos investidores quando se trata de empresas inovadoras com grande potencial de alavancagem, as startups. Mas quando falamos de empresas tradicionais, como bares, confecções, prestadores de serviços e similares, isso não se aplica.

Na prática, pequenas empresas são vendidas sem avaliação de profissionais e seu valuation é feito pelas partes envolvidas considerando apenas o patrimônio líquido e múltiplos do faturamento. Isso, naturalmente, leva a preços injustos muitas das vezes, onde um dos dois, comprador ou vendedor, sai prejudicado.

Diante desta realidade de mercado, a ProLucro desenvolveu metodologias adicionais que melhoraram a prática do mercado ao negociar pequenas empresas e ao mesmo tempo adotam práticas das médias e grandes empresas.

Na avaliação de pequenas empresas a ProLucro utiliza basicamente quatro parâmetros:

  • Faturamento
  • Rentabilidade / lucratividade
  • Patrimônio líquido
  • Perspectivas em curto e médio prazo

Além disso, considera a realidade Atual e Realidade Provável. Isso é fundamental nos casos em que a empresa não está tendo lucro. Mesmo empresas que não têm lucro tem valor. Esses parâmetros são então utilizados em até quatro metodologias:

  • Lucratividade simples
  • Lucratividade composta
  • Fluxo de caixa descontado
  • Múltiplos de Ebitda

Isso pode ser mais bem explorado no artigo: Conheça 4 metodologias de Avaliação de Empresa

Conclusão 

Como visto ao longo do texto, o valuation ou avaliação de empresa é fundamental para determinar o preço justo para comprar ou vender uma empresa. 

Toda avaliação de empresa tem um nível de imprecisão, pois considera cenários futuros, mas isso não tira sua essencialidade. Prever o futuro é algo mais assertivo se feito com técnica.

Além disso, as avaliações também usam muitos dados objetivos, como a leitura do passado, o patrimônio líquido, faturamento e rentabilidades atuais, riscos legais, dentre outros. Fazer isso também exige técnicas.

O ideal quando se fala em avaliação de empresa, ou valuation, é utilizar profissionais experientes e cobrar deles a utilização de várias metodologias, permitindo um cálculo mais seguro do preço justo.

Sucesso.

Flávio
Flávio Barcellos Guimarães
Consultor
CEO ProLucro

 

ABRIR UM NOVO NEGÓCIO

Plano de negócios

Começar do zero, abrir uma filial, comprar uma empresa aberta, entrar de sociedade, investir nos outros…
A ProLucro vai te auxiliar.
Saber mais

MELHORAR MEU NEGÓCIO ATUAL

VAMOS LÁ!

Organizar, crescer, aumentar o lucro, sair da crise, trabalhar com mais prazer, trabalhar menos, fazer minha sucessão…
A ProLucro vai te auxiliar.
Saiba Mais

CONSULTORIA ONLINE

VAMOS LÁ!

Conte com nossos profissionais para aumento do desempenho e sucesso do seu negócio.
A ProLucro vai te auxiliar.
Saiba Mais

SABER QUANTO VALE MEU NEGÓCIO

VAMOS LÁ!

Querem comprar meu negócio, às vezes penso em vender, tenho um investidor interessado, quero saber o valor da minha empresa…
ProLucro vai te auxiliar.
Saiba Mais

Compartilhe

Quer conversar com um consultor sem compromisso?

Quero!

Preencha nosso formulário, logo entraremos em contato.

Cadastre-se em nossa Newsletter

Receba dicas e novidades exclusivas da ProLucro direto em seu e-mail.